Inauguração do primeiro biodigestor (15/06/2022)

NAC NOTÍCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO (UFRPE), INVESTE EM PESQUISA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA IMPLEMENTAÇÃO DE TECNOLOGIAS SOCIAIS EM BONITO/PE

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) por meio da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (INCUBACOOP), o Núcleo de Agroecologia e Campesinato (NAC) e o Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Territorial (PPGADT) em parceria com a prefeitura municipal de Bonito através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Alimentar e Agricultores Familiares somam esforços coletivos no fortalecimento da Política e do Plano Municipal de Agroecologia e Produção Orgânica do município.
A Profa. Dra. Ana Dubeux destaca a importância da UFRPE no desenvolvimento destas ações. Com o apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) e da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (ProEXC) com o apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) unem ações de pesquisa e extensão no território de Bonito em termos do processo de transição agroecológica promovido no município, com processos formativos desenvolvidos com agricultores familiares, estudantes das escolas da rede pública, consumidores e poder público. No final de 2021 e início de 2022, as ações incorporaram também a implantação de Tecnologias sociais mais especificamente, a construção de Biodigestores, Fogões Ecológicos e Bacias de Evapotranspiração (BETs), todas consideradas Ecotecnologias.
Ao todo serão implementados 02 (dois) biodigestores; 02 (duas) BETs e 05 (cinco) fogões ecológicos. Atualmente, foram construídos: 01 Biodigestor, localizado no Sítio Terra Adorada, comunidade Pratinha, pertencente aos agricultores Antônio e Léa; 02 fogões ecológicos localizados na comunidade Colônia Japonesa, pertencente aos agricultores Juscelino e Edicélia e outro na comunidade Rodeadouro, pertencente aos agricultores Lorinaldo e Mirian e 01 Bacia de Evapotranspiração na Colônia Japonesa, pertencente aos agricultores Juscelino e Edicélia.
“Os protagonistas dessa ação os agricultores/as de base agroecológica da Associação Vida Agroecológica e do Mercado da Vida. Dentre os tais, de forma participativa e deliberativa, alguns foram beneficiados com as Ecotecnologias”, destaca o Prof. Dr. Walter Santos Evangelista Júnior (UFRPE/NAC).
Fruto de uma ação coletiva, “a capacidade de aprendizagem nos mutirões do biodigestor, elevou o nível de envolvimento dos atores do território, além de apoiar na ação política de afirmação da agroecologia” e destacamos a participação dos estudantes e egressos do Curso Técnico em Agroecologia do Serviço de Tecnologia Alternativa (SERTA) ressalta Paulo Santana, pesquisador do PPGADT/UFRPE.
Para o Secretário de Agricultura, José Marcos, “a presença da UFRPE desde 2016 no município de Bonito, por meio de professores, pesquisadores e extensionistas universitários, tem feito a diferença no desenvolvimento do município a partir da construção da agroecologia, o que destaca Bonito dos demais municípios de Pernambuco”.
Nesta quarta-feira (15/06/2022), no Sítio Terra Adorada, Comunidade Pratinha em Bonito, acontecerá a inauguração do primeiro biodigestor na unidade familiar de referência em Agroecologia dos agricultores Antônio e Léa. Para eles “o biodigestor chegou na hora certa, em que o bujão de gás beira os R$ 130 reais, com essa ecotecnologia temos autonomia no biogás em abundância e biofertilizante suficiente para nossa produção agroecológica, frente a esse falso desenvolvimentismo da indústria do gás não renovável”.

Outras Notícias

NAC NOTÍCIA

Inauguração do biodigestor construído no Sítio Terra Adorada, comunidade Pratinha, pertencente aos agricultores Antôn...

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No programa de quinta-feira (23), Maílson Rodrigues falará sobre a volta do São João e dos festejos juninos. Ele é as...