Dr. André Pimentel

QUE BICHO É ESSE?

O programa vai ao ar todos os dias às 7h, com reprise às 19h, na Rádio Web Agroecologia.

Hoje, O Dr. André Pimentel fala sobre os principais produtos das abelhas.

1. Mel

O mel é um produto natural obtido a partir do néctar das flores e de excreções da abelha. Além de ser um ótimo adoçante natural, este alimento é cheio de benefícios porque conta com ação antimicrobiana, capaz de impedir o crescimento ou destruir microrganismos e assim proteger contra doenças.

O alimento também conta com ação antioxidante e prebiótica, esta última modifica o balanço da microbiana intestinal, estimulando o crescimento e/ou atividade de micro-organismos benéficos. Por ser rico em carboidratos e açúcar, ele é ótima fonte de energia. Também conta com potássio, magnésio, sódio, cálcio, fósforo, ferro, manganês, cobalto, cobre e alguns outros minerais. Entre estes nutrientes, o potássio é o que está mais presente e é interessante para o equilíbrio da pressão arterial.

O sabor, aroma e cor do alimento irão variar de acordo com as floradas, definidas a partir do tipo de flor que a abelha coleta o néctar para produzir este doce. Alguns benefícios podem ser mais fortes em determinados tipos do que em outros.

2. Própolis

O própolis tem sido usado há muitos séculos pelos povos antigos por suas múltiplas propriedades medicinais, e a ciência está desvendando o seu enorme potencial na saúde humana e no tratamento de diversas doenças.

Própolis é uma substância resinosa que as abelhas recolhem de troncos e brotos de árvores e de algumas plantas. As abelhas usam esta mistura de resina natural e enzimas de sua saliva para dar estrutura, fechar aberturas e rachaduras na colmeia, e como agente desinfetante. O própolis é diretamente responsável por garantir a assepsia das colmeias, pois ele tem uma potente ação antimicrobiana, o que protege as abelhas de doenças. Colmeias são locais propensos ao desenvolvimento de fungos, vírus e bactérias, dadas as suas condições de temperatura, umidade e superlotação. De forma mais comum esta substância resinosa tem cor marrom escura, mas pode ser encontrada em tons verdes, vermelhos, pretos e brancos, dependendo das fontes da resina coletada pelas abelhas. O própolis é composto de 50% de resina e bálsamo, 30% de cera, 10% de óleos essenciais e aromáticos, 5% de pólen e 5% de impurezas.

Devido ao grande número de ingredientes ativos presentes, como flavonoides, ácidos fenólicos, terpenos e óleos essenciais, a tintura (extrato alcoólico) de própolis é utilizada por seu efeito terapêutico, principalmente pela ação estimulante sobre o sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo. Suas propriedades ainda incluem ações antioxidante, antimicrobiana, anti-inflamatória e anticancerígena.

3. Cera

Cera é uma substância produzida pelas glândulas cerígenas das operárias. Para produzi-la, as operárias das abelhas melíferas convertem o açúcar consumido sob forma de mel, num processo de baixa eficiência – cerca de 8 kg de mel precisam ser consumidos para a produção de 1 kg de cera. Ela serve para construir os favos e, quando misturada à própolis, se torna uma substância ideal para vedar algumas partes da colmeia.

4. Atrativos

Existem várias formas de obtenção de abelhas sem ferrão, mas a mais sustentável é a captura com ninhos armadilhas. A captura com ninhos armadilha é uma técnica de captura bastante indicada para a captura das abelhas sem ferrão, e é permitida pela resolução CONAMA 346/2004.

A loção para atrair enxames nativos, coloque a própolis ou geopróplis de abelhas sem ferrão em um recipiente em que seja possível vedar e deixe curtindo no álcool por vários dias.

Recomendamos o uso de álcool de cereais para fazer a loção atrativa, embora qualquer álcool de alta concentração seja capaz de produzir efeitos similares. Não recomendamos álcool automotivo, não por não funcionar, afinal funciona. Mas por ele ter uma infinidade de aditivos como metais pesados.

Para as abelhas do gênero Apis o atrativo é utilizado o óleo de capim santo, pois possuem propriedades que lembram o feromônio das abelhas rainhas.

5. Colmeias

Muitas vezes as pessoas ignoram, mas tanto as caixas vazias quanto ocupadas com enxames, ambas possuem mercado. O mercado é crescente e necessárias para as criações nativas e exóticas.

6. Conhecimento

Os meliponicultores e apicultores devem buscar cada dia mais conhecimento através de cursos, palestras, capacitações, livros e vídeos. Assim, acabam melhorando as suas criações e aumentando a renda dos produtores.

7. Geleia Real A geleia real é utilizada pela humanidade desde a Grécia antiga por possuir efeitos milagrosos à saúde, porém só ganhou destaque no mercado a partir do século passado. Por ter uma gama muito grande de benefícios, é utilizada tanto pela indústria de alimentos como um complemento alimentar, quanto matéria prima para a indústria de cosméticos.

Para os seres humanos, a geleia real é utilizada como um suplemento natural, oferecendo diversos benefícios para a saúde, e na produção de cosméticos pela indústria.

Os seus benefícios são os mais diversos possíveis, tudo isso se dá devido a suas propriedades. A geleia real é rica em proteínas, lipídios, aminoácidos, vitamina A, vitamina C e vitamina E, vitaminas do complexo B, além de possuir diversos minerais em sua composição, como potássio, cálcio, magnésio, cobre, ferro, cromo e zinco.

8. Apitoxina

Apitoxina é extraída da glândula de veneno da abelha (Apis melífera), o líquido do veneno é incolor e solúvel em água. Na sua composição podemos encontrar aproximadamente 50 substâncias, sendo algumas tóxicas.

O veneno continua ativo mesmo após ser retirado, e alguns artigos comprovam sua eficácia sobre suas propriedades terapêuticas e curativas, podendo ser utilizado como tratamento para doenças.

Benefícios da Apitoxina:

· Anti-inflamatória: Produção de corticoides (ajudam na defesa do organismo)

· Analgésica: Auxiliam na diminuição das dores · Antidepressiva: produção de serotonina e dopamina responsáveis por nossa sensação de bem-estar

· Hipotensora: dilata os vasos sanguíneos.

Outras Notícias

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No Programa de hoje, a professora Sônia Lucena, Nutricionista e membro da ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Co...

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No Programa de hoje, o professor Jorge Tavares, Engenheiro Agrônomo e doutor em Agroecologia, fala sobre a importânci...