Programa Frevo 40 Graus

O espaço para o Frevo na Rádio Web Agroecologia. O programa vai ao ar às 5 h com reprise às 17 h. Lembrando que nos locais com horário de verão a programação vai ao ar uma hora depois. No Programa de hoje, temos o prazer de apresentar o cd "Dez Carnavais" do Bloco Carnavalesco Lírico Cordas e Retalhos.

Fundado em 1998, o Bloco Lírico Cordas e Retalhos, participou pela primeira vez do Carnaval em 1999, no Encontro de Blocos do Recife Antigo e em Olinda. A sugestão para o nome e a composição que se tornou o hino do bloco são de autoria da professora e psicóloga Conceição Rocha. Escolhidas por votação, as cores oficiais do bloco ficaram vermelha e o branco.

Denominado Bloco Carnavalesco Misto Cordas e Retalhos, o termo “misto”, que remonta à origem desse tipo de agremiação no Recife, indica a presença feminina nos cordões, uma novidade naquela época, pelo menos nos desfiles de rua. As “cordas” são uma referência aos instrumentos que compõem a nossa orquestra, caracteristicamente chamada de Pau e Corda (violões, banjos, cavaquinhos, bandolins, além dos instrumentos de sopro e percussão e das vozes do coro feminino). E, finalmente, os “Retalhos” fazem referência à multiplicidade de formas, cores, sensações e sentimentos que afloram no carnaval (metáfora usada por compositores como Levino Ferreira, em “Retalhos de Saudade”; e Romero Amorim, em “Retalhos de Felicidade”, composta em homenagem ao bloco, gravada em CD pela Fundação de Cultura do Recife e lançada para o Carnaval de 2001).
Em 2001, o Cordas e Retalhos passou a ser chamado de Bloco Carnavalesco Lírico Cordas e Retalhos, já que essa denominação expressa mais as características do bloco e da sua música. A mudança do nome tem uma explicação feita pelo professor Julio Vila Nova, onde ele explica no artigo (“Bloco Lírico”), publicada no jornal do Commercio no dia 24/02/2001.

No mês de março em 2002, o Bloco Cordas e Retalhos deu início, na Várzea, à série dos encontros Itinerantes de Confraternização dos Blocos Líricos. ocorridos mensalmente durante todo o ano de 2002 e parte de 2003, em diversos locais do Recife e de cidades vizinhas.

Outras Notícias

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No Programa de hoje, a professora Sônia Lucena, Nutricionista e membro da ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Co...

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No Programa de hoje, o professor Jorge Tavares, Engenheiro Agrônomo e doutor em Agroecologia, fala sobre a importânci...