Alemanha perde 75% dos insetos voadores em três décadas

Animais são responsáveis pela polinização e parte fundamental da cadeia alimentar

Pesquisadores na Alemanha documentaram um declínio acentuado de insetos voadores em dezenas de reservas naturais nas últimas três décadas, e os pesticidas agrícolas podem ser os culpados, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira.

Enquanto está bem documentado que as borboletas e as abelhas estão desaparecendo na Europa e na América do Norte, o novo estudo, publicado na revista científica PLOS ONE, é o primeiro a documentar que os insetos voadores em geral diminuíram em mais de três quartos em toda a Alemanha desde 1989.

Leia na íntegra: O Globo

Outras Notícias

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No Programa de hoje, a professora Sônia Lucena, Nutricionista e membro da ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Co...

EM SINTONIA COM A NATUREZA

No Programa de hoje, o professor Jorge Tavares, Engenheiro Agrônomo e doutor em Agroecologia, fala sobre a importânci...